Make your own free website on Tripod.com








Banco de Dados
Título da nova página













Home

Título da nova página | Maquiavel | Locke | Comentários sobre filmes e livros | O Brasil e o futuro das Relações Internacionais | O Punho Oculto | Carreira desanima jovens diplomatas | Discurso do Senhor Presidente da República, Fernando Henrique Cardoso, na abertura da III Reunião de Cúpula das Américas | Discurso de Posse do Professor Celso Lafer no cargo de Ministro de Estado das Relações Exteriores | NICOLAU MAQUIAVEL | Tocqueville | Título da nova página | A Crise dos Anos 60 e o PAEG | Hobbes | Comércio Exterior





Insira o conteúdo do subtítulo aqui
















Insira o conteúdo aqui
















Stuart Mill

· Coloca o governo representativo como algo natural;
· Liberdade positiva: é a liberdade coletiva, consiste principalmente no direito de participação política (o voto);
· Liberdade negativa: é a liberdade individual, diz que um sujeito não está impedido de fazer aquilo que deseja por uma força externa e não está constrangido à fazer aquilo que não deseja, ou seja, é todo tipo de mecanismo que dá ao indivíduo o poder de fazer o que quiser;
· Coloca o despotismo como válido onde a sociedade não é madura o suficiente para viver numa sociedade democrática (maturidade suficiente para votar e defender seus direitos políticos). Defende a teoria de que não é qualquer sujeito que pode participar da política. Analfabetos, pessoas endividadas, pessoas que devem ao Estado ou tem alguma espécie de processo judicial contra o mesmo e menores, não tem o direito do voto (Doutrina antipaternalista);
· Como Tocqueville, é contra a tirania da maioria, defende a participação das classes abastadas (minoria) e das classes populares, desde que paguem qualquer espécie de imposto, por menos que seja.
· É o primeiro teórico a defender o direito político da mulher (voto);
· Voto plural ( votos com pesos diferentes), que tem como objetivo garantir a minoria e evitar a polarização política em dois grandes blocos ricos X pobres.